Ao Monte

O Ao Monte é um projecto de edição que, entre 2015 e 2017, procurou registar o trabalho desenvolvido desde o final dos anos 90, por alguns grupos e colectivos independentes de artistas na cidade do Porto.

Image

O Ao Monte procurou registar, entre 2015 e 2017, o trabalho desenvolvido por alguns colectivos e grupos informais de artistas que, nos vinte anos que o antecedem, marcaram a cidade do Porto.
Apesar de ser uma pequena amostra da dinâmica cultural da cidade, o Ao Monte contou com a participação de sete colectivos que dinamizaram ou continuam a dinamizar o Porto. São eles: Rua do Sol 172, Fundação, A Sala, Senhorio, Inter+disciplinar+idades, Embankment e Artemosferas.

O Ao Monte surgiu da vontade de registar e documentar de forma não passiva a existência e prática destes grupos e assentou, através da edição física, na criação de novas obras pelos próprios.
Através do convite a idealizarem e produzirem um livro de artista em regime de residência, o projecto Ao Monte deu o mote para o reencontro ou para a continuação do trabalho que estes grupos e colectivos foram desenvolvendo. Os livros de artista produzidos são documentos que assinalam e inscrevem o trabalho artístico dos grupos acima mencionados, reflectindo sobre a história dos mesmos enquanto actuam sobre o seu presente.

Para além de um registo de parte da dinâmica cultural na cidade do Porto, o Ao Monte pretendeu, de alguma forma, fazer também uma reflexão sobre a prática artística em colectivo, que contraria a ideia do eu e de autenticidade individual. Sendo o colectivo, ele mesmo uma forma de unidade, é hoje em dia um meio por si só do fazer artístico. Quer seja pela componente sociológica, por empatia
ou pontos de convergência, pela partilha de um espaço de atelier, de uma mesma sala da faculdade ou casa, ou por preocupações comuns com a contemporaneidade, o trabalhar em conjunto foi e continua a ser um modelo para a mudança, para o fazer artístico e uma forma de intervir artisticamente na sociedade.

Mais do que um projecto de edição de livros de artista, o Ao Monte pretendeu ser um gerador de conteúdos novos e críticos com a ambição de mapear a situação artística da cidade e ampliá-la.

Ao Monte é um projecto de Carmo Azeredo, Felícia Teixeira e João Brojo, que resulta da colaboração entre a Saco Azul, o Maus Hábitos e a Cooperativa Árvore, e contou com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do Ministério da Cultura e da Direção Geral das Artes.

Image



Ficha Técnica

Organização: Saco Azul
Direcção Artística: Felícia Teixeira, João Brojo e Carmo Azeredo

Coordenação de Projecto: Carmo Azeredo
Assistência de Produção: Carolina Grilo Santos
Orientação de Projecto: Daniel Pires e Rui Mascarenhas
Design Gráfico: koiastudio
Fotografia: João Brojo e Carmo Azeredo
Parceiros: Cooperativa Árvore e Câmara do Porto
Apoios: Maus Hábitos, Ministério da Cultura e DGArtes
Artistas Participantes:
Rua do Sol 172: José Oliveira, Francisco Laranjeira, Francisco Babo, Luísa Abreu, Verónica Calheiros, Vitor Israel e André Fonseca.
Fundação: Cristina Regadas, José Almeida Pereira e Miguel Flor + Alexandre Osório, Albino Tavares, André Alves, André Cepeda, Anne Lise Coste, António José Rocha, Anze Persin, Catarina Oliveira, Claudia Squitieri, Ddum Kim, Eduardo Aires, Efrain Almeida, Felícia Teixeira, Filipa Araújo, Isabel Ribeiro, João Brojo, João Cruz, João Melo Costa, João Pedro Vale, Joana Machado, Jorge Santos, José Capela, Juan Luis Toboso, Júlio Dolbeth, Lauren Moya Ford, Luís Espinheira, Luís Ribeiro, Manuel Santos Maia, Margarida Paiva, Marta Bernardes, Max Fernandes, Mayana Redin, Nuno Paiva, Nuno Ramalho, Patrícia do Vale, Paulo Lisboa, Paulo Mendes, Pedro dos Reis, Pedro Tudela, Rui Vitorino Santos, R2, Samuel Silva, Samon Takahashi, Sérgio Rebelo, Susana Chiocca, Susana Mendes Silva, Vasco Araújo e Vera Mota.
A Sala: António Lago e da Susana Chiocca + Alexandre Osório, Ana Deus, Ana Ulisses, André Fonseca, António Melo, António Olaio, Cristina Mateus, Paulo Mendes, Pedro Tudela e Ramiro Guerreiro.
Senhorio: Ana Torrie, Carlos Pinheiro, Inês Azevedo, Marta Ribeiro, Mónica Faria e Nuno Sousa
Inter+disciplinar+idades: André Sousa, Eduardo Matos, João Sousa Cardoso, Mafalda Santos, Manuel Santos Maia, Nuno Ramalho, Alexandre Osório e Liliana Coutinho + António Preto, Cristina Mateus, Cristina Regadas, José Almeida Pereira, Miguel Leal, Paulo Mendes, Rita Castro Neves e Susana Chiocca.
Embankment: Aida Castro, Jonathan Saldanha e Maria Mire + Dayana Lucas.
Artemosferas: Alexandre A. R. Costa, Jorge Fernando dos Santos e Miguel Seabra

Eventos

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística
danielpires@maushabitos.com


Image

powered by

Image
Image