The Missing Revolution
27/5/2017

30/6/2017
16:00
Exposição
Image

The Missing Revolution
Diana Geiroto, Leonor Parda, Daniel Pinheiro, Rita Roque e Juan Luis Toboso
Curadoria de Carolina Grilo Santos e Carmo Azeredo

Mesas Redondas com
João Sousa Cardoso, José Eduardo Reis, Marta Bernardes, Max Fernandes, Nuno Faleiro Rodrigues, Rui Bebiano, Rui Torrinha, Sara Orsi e Fátima Vieira.

Participações especiais de Maria Bleck, Jeanne Dark and The Blind Seers, Gazpacho De La Mancha e Coop. Fruta Feia.

Inauguração 27.05.2017
Exposição/Obra Colectiva em processo até 01.07
Maus Hábitos

The Missing Revolution, mais do que uma exposição, pretende ser um espaço dedicado à reflexão, discussão e acção de uma possível revolução da qual fazemos todos parte. Inserida no programa de exposições “E Agora?” da Saco Azul, transforma temporariamente a sala de exposições do Maus Hábitos na sede de um possível movimento dedicado à problematização colectiva da ideia de Revolução em 2017. O projecto sublinha a urgência de uma reflexão sobre a contemporaneidade e a sua aparente falta de mudança e dá espaço à discussão de sentimentos actuais como o de constante impermanência, de não concretização e de falta, reflectindo também sobre a transformação da nossa capacidade de acção face à passagem de uma compreensão do mundo linear e progressista para uma construída em rede, na qual tudo acontece em simultâneo e está em constante mutação.


Nesta sede tudo está em efervescência, desde as ideias à construção contínua das peças e do espaço: o tempo de exposição será sobretudo um momento de coisas a acontecer. O espaço foi pensado em colectivo e de forma aberta para que todos os que o visitam possam fazer temporariamente parte deste movimento. Ao longo da exposição o colectivo de artistas e curadores aqui reunido e os convidados especiais, propõe diferentes perspectivas sobre a ideia de mudança e de revolução, desde ideologias subjacentes e desenvolvimento histórico à sua pertinência, eficácia ou obsolescência na actualidade, procurando possíveis novas formas, tanto no campo político como no artístico. A sala assume-se como dispositivo de diálogo, partilha, criação e acção, desenhando um meta-espaço em constante mutação, simultaneamente íntimo e aberto. A estrutura de andaimes, pensada, recuperada e construída pelo colectivo, compõe aqui esse dispositivo que serve múltiplos propósitos como suporte para peças, mesa de trabalho, bancada e, sobretudo, como espaço de encontro e de discussão. Através de acções informais como conversas, encontros, performances, refeições, sleep-overs, leituras e apresentações, o projecto transforma artistas, convidados, amigos e público numa comunidade efémera, mas real, de um movimento a acontecer.


As peças propostas individualmente pelos artistas convidados têm como elemento comum o convite à reflexão. Preparing Departure de Leonor Parda é um objecto escultórico em construção que forma a cabine condutora desta nave que sugere, com alguma ironia, a possibilidade de novos caminhos a explorar, enquanto convida o publico a ocupar o lugar do condutor. A peça entra em diálogo com a estrutura de andaimes que serve como banca de trabalho para o posto de fotocópias, utilizado por todo o colectivo, mas em especial por Diana Geiroto que trabalha ao longo da exposição a ideia de objecto-bloco-desenho, partindo do panfleto como dispositivo de difusão. Os objectos-papel de Diana vão materializando-se e aparecendo no espaço e trabalham a ideia de múltiplo e de mensagem em construção. A estrutura serve também como bancada para as conversas publicas bem como para as leituras colectivas que constituem a proposta artística de Juan Luis Toboso, que convida amigos e público interessado a vir ler e comentar textos escolhidos pelo próprio, todas as quintas feiras ao fim do dia. A proposta de Daniel Pinheiro passa pela disposição de um computador no espaço no qual o público é convidado visitar alguns links sugeridos pelo próprio bem como a realizar pesquisas livre relacionadas com o tema da exposição. Os dados dessas pesquisas são depois trabalhados e mais tarde reapresentados no espaço pelo artista. Por sua vez a peça de Rita Roque Na Rede À Escuta, composta por duas camas suspensas e uma Monstera Deliciosa (planta), convida à paragem e à introspecção como forma de dar espaço à reflexão. Nos últimos dias de exposição a peça transforma-se numa instalação áudio nocturna que trabalha a ideia de jardim, de vivencia e de partilha.

Na vontade de envolver múltiplas opiniões e ideias em torno da problemática que aqui se levanta, foi construído também um questionário, que pode ser partilhado e respondido livremente, e do qual as respostas vão sendo incluídas na exposição como um arquivo-discussão em expansão. As leituras, conversas e mesas redondas são ainda difundidas como podcasts no canal youtube do projecto e no site themissingrevolution.maushabitos.com, onde se pode consultar a evolução das peças no registo fotográfico da exposição, bem como o questionário e os diferentes textos e conteúdos abordados.

Um obrigado especial à Listopsis, ao André Covas, ao Pai da Carmo, ao Kartódromo do Cabo do Mundo, à Andra Gheorghiu ao Sr. João, ao Maus Hábitos, à Maria Bleck, à Saco Azul e a todos os seus membros


Ficha Técnina

Calendário

Sábado 27.05
16h > 01h Inauguração
17h > 20h Conversa 1
Revolução e Utopia: História e Idealismo vs Realidade
com José Eduardo Reis, Marta Bernardes e João Sousa Cardoso

Quinta 1.06
19h > 21h Leituras com o Juan Luis Toboso
O estilo do mundo. A vida no Capitalismo de ficção de Vicente Verdú

Sexta 2.06
17h > 20h Conversa 2
Crise-Política-Arte: A Mudança ou a falta dela
com Nuno Faleiro Rodrigues e Max Fernandes

Quinta 8.06
19h > 21h Leitura com o Juan Luis Toboso
As três ecologias de Félix Guattari

Sábado 17.06
17h > 20h Conversa 3
Novas Gerações: Revolução Tecnológica e Difusão
com Rui Bebiano, Sara Orsi e Rui Torrinha
Participação especial de Maria Bleck

A partir de Sábado 17.06 e depois às Qui. Sex. e Sáb. à noite
22h > 01h Na rede à escuta
Instalação Áudio Nocturna de Rita Roque

Quinta 22.06
19h > 21h Leitura com o Juan Luis Toboso
A Sociedade do Cansaço de Byung-Chul Han

Quinta 29.06
19h > 21h Leitura com o Juan Luis Toboso
En las prisiones de lo posible de Marina Garcés
22h Performance-Concerto de Jeanne Dark and The Blind Seers
23h Performance-Concerto de Gazpacho De La Mancha
00h Sleep-Over livre

Sábado 01.07 Finissage
17h > 20h Conversa 4
Alimentopia: Micro Activismo e Macro Transformação com Fátima Vieira e convidados da própria.
Participação especial da Cooperativa Fruta Feia e de Maria Bleck.

Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Saco Azul, Maus Hábitos,

Rua Passos Manuel 178

4º andar

4000-382 Porto


Produção Artística
danielpires@maushabitos.com


Image

powered by

Image
Image